terça-feira, 6 de setembro de 2016

Bienal do livro 2016!

Olá pessoal, aqui é o Matheus respawnando totalmente falido por causa dessa Bienal do livro! Pois é gente, quem foi para lá sabe bem do que estou falando. A diversidade de livros, os preços, os autores, as pessoas, os marcadores de páginas (pelo menos não eram pagos, ainda...) estavam simplesmente incríveis! Menos a comida, porque estava absurdamente cara no evento, quem não levou algo para comer, desembolsou uma boa grana para se alimentar (infelizmente).

Bienal Internacional do livro de São Paulo - 2016



Essa foi a minha primeira Bienal do livro, então eu não sabia o que achar do evento ou o que esperar. Eu sabia que haveriam livros lá e era só! Então tentei não colocar expectativas para não me decepcionar ou desvalorizar, resolvi ir bem cético ao evento e tirar as minhas próprias conclusões! Posso adiantar que me senti surpreendido do começo ao fim!


Não sei por onde começar a contar como foi o evento, então vou tentar colocar na ordem com que as coisas foram acontecendo. Então vamos lá! Quando eu e o Fabrício Barros (do Catadores de Relíquias) chegamos na Bienal, pegamos os ingressos e logo na entrada já conseguimos perceber a dimensão do evento. Estava lotado de pessoas! Apesar de não saber quantas pessoas esperar nesse evento, me senti
uma formiga no meio da multidão! Pessoas de diversas idades e tipos reunidas ali para apreciar um evento que com certeza mudou a vida de diversas pessoas (Um pouco sensacionalista, eu sei, mas eu realmente acho que aconteceu isso, por que não?).

De início resolvemos ter uma visão geral de todo o evento, então saímos andar pelas "ruas" de lá. Encontramos diversos estandes de diversas empresas e cada um mais legal que o outro! Haviam estandes temáticos do Harry Potter, de Super-Heróis, Religiosos, para crianças, para leitores mais exigentes, para leitores menos exigentes, enfim... Haviam estandes para todos os gostos! A única coisa que você precisava durante o evento é paciência, pois para achar um livro em específico era preciso "minerar" no estandes até achá-lo. Caso você não soubesse o que queria, a procura se tornava uma "aventura", mas caso já soubesse tudo ficava mais fácil!

Após andar por todo o evento, resolvemos parar para comer alguma coisa antes de continuar. Quando voltamos a andar, fomos nos aventurar para completar os objetivos que traçamos durante o almoço. A primeira coisa que fizemos foi encontrar com a autora Tatiane Radzimierski (Link da página dela do facebook aqui) para conversar e comprar o seu livro! Após isso fomos pegar o autógrafo do André Vianco (Link para a página dele aqui), o que nos custou quase uma hora esperando! A quantidade de gente que estava lá para pegar o autógrafo dele era enorme! Se tivéssemos chegado 5 minutos atrasados, teríamos que esperar umas duas horas para conseguir o autógrafo!

Depois do autógrafo saímos andar e encontramos diversas pessoas, uma delas foi a autora Cláudia Miqueloti (Link para o facebook dela aqui) que foi super gentil com a gente e conversou sobre o livro dela e foi nessa conversa que descobrimos que ela tinha vindo de muito longe só para divulgar o seu livro (A deusa de Anília). Depois de conversar com ela seguimos andando e nos deparamos com um autor da Bahia, o Alan Victor (Link para a página dele aqui) que nos contou sobre o seu livro que fala sobre viagem no tempo, após nos cativar com a sua história, ele ainda autografou o livro da maneira mais incrivelmente legal do mundo! Veja a foto!

Autógrafo do Alan Victor
Continuamos a nossa jornada olhando os estandes, "garimpando" alguma coisa legal para comprar e ler. Passamos por estandes que estavam vendendo cinco livros por vinte reais, outros estandes onde todos os livros estavam por apenas dez reais. Nesse estande onde tudo estava por dez reais eu achei um outro livro do André Vianco e infelizmente esse livro ficou sem o autógrafo dele (Imagine a minha tristeza). Continuando a jornada achamos um estande onde eu achei um livro do jogo Diablo 3, mais especificamente o Livro de Cain. O preço estava muito abaixo do que eu esperava e resolvi comprar ele, o mais legal é que o livro veio com um mapa de Santuário!

Foto do mapa de Santuário! (Jogo Diablo 3)
Não paramos por ai, conhecemos mais pessoas pelo caminho e visitamos mais estandes legais, entre eles o da Editora Arwen (Link do facebook aqui). Nesse estande ficamos por um bom tempo, pois ali conhecemos diversas pessoas. Uma dessas pessoas é o Wesnen Tellurian do Canal KrossOver (Link aqui) que como vocês podem perceber possui um canal no Youtube que fala um pouco da cultura pop em geral! Outras duas pessoas que conhecemos são as autoras Amanda Ághata Costa que escreveu o livro A Escolhida (link para o facebook dela aqui) e a outra autora é a Juliana Daglio (Link do facebook dela aqui) que se não me engano estava lançando o livro Submersão. A Juliana Daglio explicou a história do seu livro e soube dar aquele ar de mistério ao livro, o que me deixou na curiosidade de ler e eu saí do estande com os dois livros dela e com o livro da Amanda Ághata Costa autografados.

Quase esqueço de comentar, antes de chegar no estande da Arwen eu passei em um estande que vendia quadros! Resolvi "garimpar" algo por lá e fui olhando os quadros, até o momento em que me deparei com último quadro do Coringa da Piada Mortal, e sem sombra de dúvida eu ia comprar ele! A história dessa HQ foi uma das melhores que eu já li!

Quadro do Coringa da Piada Mortal
Após o estande da Arwen, já bem cansados do dia, nos encontramos com os nossos amigos Tiago (do canal Coisas do Tiago) e Débora (do blog Bicho de Estante), que estavam junto com a autora Tatiane Radzimierski. Apesar do cansaço andamos mais um pouco e paramos um pouco para descansar. Quando paramos uma mulher passou mal perto de nós, o rapaz que estava com ela começou a fazer os primeiros socorros e não deu 30 segundos haviam diversos membros do corpo de bombeiros lá para ajudar e prestar socorro! Felizmente a moça ficou bem! Foi o único caso de alguém passando mal que eu vi durante o evento e não sei dizer se houveram mais, porém, os bombeiros foram rápidos o que me deixa mais tranquilo para voltar futuramente a evento!

Antes de terminar a postagem tenho uma última coisa a comentar e é sobre os banheiros do evento. Eu me senti até mal por entrar no banheiro do evento, você deve estar imaginando que o banheiro estava sujo e com cheiro horrível né? Infelizmente é o contrário, eu me senti mal por pisar naquele chão que estava BRILHANDO de limpo e o banheiro inteiro com cheiro agradável e alguém limpando. Para quem vai em eventos, sabe que banheiro é muito complicado, mas os da Bienal estavam de parabéns! Limpos, cheirosos e nos deixavam com peso na consciência de usar.

A postagem ficaria absurdamente grande se eu contasse tudo que eu vi e também eu não lembraria de tudo pois é muita coisa para se ver em muito pouco tempo! Para você que não foi na Bienal, espero que tenha conseguido ter uma ideia de como foi o evento, pois, não adiantaria eu ficar falando porque a experiência que eu tive foi indescritível! A minha sugestão é que se você tiverem a oportunidade de ir, não hesitem! Cada um teve uma experiência diferente e essa postagem foi sobre a minha experiência!

Pessoal, por enquanto é só! Fiquem bem e até o nosso próximo respawn!

Pessoas citadas na postagem! Links para blog, canal e perfil!

Tatiane Radzimierski

André Vianco

Cláudia Miqueloti

Alan Victor

Wesnen Tellurian

Amanda Ághata Costa

Juliana Daglio

Nenhum comentário:

Postar um comentário