sexta-feira, 4 de março de 2016

Videogame é coisa de criança?

Olá pessoal, aqui é o Matheus respawnando no Balaio de Noob e se videogame é coisa de criança, seremos jovens eternamente! Essa postagem é sobre um tema já bem batido e questionado por diversas pessoas ao redor do mundo e que sinceramente é bem relativo e um tanto manipulado em diversos meios de comunicação, "videogame é coisa de criança?". É meus caros leitores, videogame é apenas coisa de criança ou se estendeu para uma faixa etária mais abrangente?

Criança? Não é mais exclusivo!

Estamos em 2016 (ano dessa postagem) e infelizmente eu ouvi uma pessoa dizendo que quem joga videogame (Ou gosta de desenho ou de HQ etc.)
, é criança, pois videogame é coisa de criança e que apenas crianças podem jogar videogame. Está bem, está bem. Cada um com a sua opinião certo? Mas devo confessar que me sinto um tanto desconfortável em ouvir tamanho pré-conceito (não é preconceito, mas pré-conceito) atualmente, já que estamos presenciando diversas pessoas que ganham a vida jogando videogame ou participando de campeonatos de jogos etc, mostrando que deixou de ser algo exclusivo de crianças.

Apesar de não ser exclusivo dos gamers essa história de ser para criança (Leitores de HQ que o digam), somos bombardeados de tempos em tempos por opiniões controversas e de momento que causam uma
comoção popular e que influenciam pessoas a acreditar que aquilo é a verdade absoluta sem nem mesmo tentar conhecer o mundo do que está sendo criticado. De tempos em tempos também observamos na televisão opiniões distorcidas que degradam a atitude de jogar ou que simplesmente mostram como se fosse uma doença aquilo. Claro que existem doenças relacionadas, mas o que não pode é generalizar e tomar como parâmetro 1 caso isolado. Há também lugares que estão na defesa dos jogos, mas eu não sei como estão as coisas atualmente na televisão já que eu deixei de assistir televisão faz algum tempo.

O tempo de pensar que videogame é apenas coisa de criança já foi, quando eu era mais novo eu concordava que videogame era coisa de criança, pois eu era criança, e confirmar aquilo eliminava um pouco a concorrência das pessoas mais velhas. Mas atualmente com tanta informação que corre livre pela internet e com tantas pessoas que podemos observar que estão mudando esse paradigma, não podemos mais acreditar em tudo que nos jogam como verdade, precisamos ver, entender e respeitar as escolhas e decisões de cada pessoa, certo?

Evolua o pensamento da mesma forma que o Mario, para melhor =)
source: DiarioRS
O público gamer aumentou consideravelmente nos últimos anos, fazendo com que as empresas começassem a elaborar jogos diversificados, tanto para os mais novos quanto para os mais velhos. Demonstrando que esse pensamento de que jogos são para crianças, já está mais que ultrapassado! Aliás, alguns jogos são feitos exclusivamente para o público mais adulto, o que apesar de não ser o melhor exemplo, também afirma de que esse pensamento já não deve mais ser levado como definitivo.

Quer um bom exemplo do que eu falei? Veja essa postagem que eu vi no Bonus Stage (Clique aqui).

O que foi dito é apenas uma opinião minha sobre o assunto, caso você não concorde ou concorde mande um comentário aqui falando a sua opinião, é sempre bom ouvir opiniões construtivas sobre um assunto! E se você leu até aqui, curta a nossa página no facebook! Balaio de Noob.

Fiquem bem e até o nosso próximo respawn!

Nenhum comentário:

Postar um comentário