sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Atitudes, Competição e Comportamento online

   Olá pessoal, eu sou Matheus e esse é o Balaio de Noob! Essa primeira postagem é uma visão resumida que eu tenho sobre a forma como as pessoas se tratam dentro do ambiente dos jogos online. Apesar desse tema ser um tanto complexo e amplo, resolvi começar por ele devido as experiências ruins e boas que eu tive jogando online.

    Eu sempre gostei de jogos, isso vem de muitos anos atrás, porém, quando eu comecei a jogar online vi que o mundo é muito maior do que realmente achei que era. Pessoas de diversas idades, diversos países e personalidades compartilhando um mundo virtual com o intuito de se divertir, passar o tempo e alcançar seus objetivos dentro daquele universo. Mas quando percebemos e vemos que o mundo não se restringe apenas aquele bom e velho "single-player" onde conseguíamos adivinhar o próximo movimento da IA e vencer o jogo sem muitas complicações, começamos a querer competir cada vez mais para superar os nossos limites e ser o melhor. A competição em si não é algo ruim, mas quando ela alcança níveis alarmantes nos deparamos com o lado mais "selvagem" da nossa personalidade.

   Essa competição nos é jogada, imposta e servida de diversas formas, uma delas são os itens comprados com dinheiro real (Quem nunca se deparou com um jogador "casher" e falhou miseravelmente em tentar derrotá-lo). Quando a derrota acontece a frustração aumenta e a adrenalina chega a níveis exorbitantes e então os insultos começam. A menor das ofensas começa com o famoso "Noob" (Que eu não considero como um insulto) e deste ponto em diante tudo começa a piorar. Não irei entrar em detalhes sobre os insultos porque são muito variados, porém, o que vale a pena ressaltar é o famoso "lixo". Por diversas vezes eu ouvi e vi diversos jogadores se ofendendo sem necessidade e chamando um ao outro de lixo, e claro que eu não consegui me livrar das ofensas. Todos estamos passivos de insulto ao ingressar em um mundo online e não me refiro apenas aos jogos.

O Gif a seguir mostra claramente como me sentia jogando contra algum jogador casher.

   Acredito que na maioria das vezes a gente esquece que são outros seres humanos que estão do outro lado da tela, que são pessoas que enfrentam talvez as mesmas dificuldades que a gente, que possuem sentimentos, esperanças e sonhos e os tratamos como um amontoado de carne apenas. O resultado disso muitas vezes chega a ser fatal ou catastrófico, já que houve casos de pessoas que tiveram problemas de depressão e na pior das hipóteses chegaram a cometer suicídio. Claro que os insultos não foram os totais responsáveis pelas fatalidades, mas podem ser agravantes para os sintomas que a pessoa possua.

   Ao meu ver o ambiente online é uma extensão do que somos, então se somos educados no mundo real podemos e devemos ser educados no mundo online. O que muitas vezes ocorre é a sensação de impunidade no ambiente online, já que não existem leis claras que nos protegem, porém, o que muitos ainda não sabem (o que é uma pena) é que a lei pode ser aplicada dentro da internet como forma de defesa e punição pelas atitudes de má conduta.

   Juntando esses fatores de impunidade e a baixa simpatia pelos outros jogadores, um sentimento de repulsa é gerado atingindo diversas pessoas pelo mundo. Um bom exemplo disso é a má fama que os brasileiros criaram em servidores de jogos estrangeiros, causando tal repulsa por causa das atitudes de má conduta e sendo expulsos de clãs e servidores em que estão. Os brasileiros ficaram conhecidos pelo apelido de "HueBR", sendo o "hue hue hue" a risada típica de tais jogadores.



   Mesmo que os jogos criem formas e artimanhas para barrar esses jogadores tóxicos, ainda encontramos muitos jogadores que continuam a cometer os mesmos erros que levaram os brasileiros a ter tal fama, sem se importar com as consequências ou sentimentos alheios. Espero que em algum momento os jogadores comecem a perceber que um jogo amigável é muito melhor e que não há problema em extravasar a raiva, afinal ninguém quer perder ou ser derrotado o que não pode é estragar a diversão dos outros com atitudes desnecessárias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário